Brasil

Pelo menos 16 ônibus são incendiados durante ataque em Fortaleza

Criminosos deixaram carta em um ônibus ameaçando instaurar clima de terror no Ceará.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado
  • Foto: Tiago Gadelha/Diário do NordesteÔnibus incendiado em FortalezaÔnibus incendiado em Fortaleza

Seis pessoas foram presas suspeitas de ataques a ônibus na tarde desta quarta-feira (19) em Fortaleza. Ao todo, 16 ônibus foram destruídos em ataques incendiários ocorridos simultaneamente no início da tarde. Segundo o G1, um dos suspeitos foi preso com uma arma de fogo e já responde por tráfico de droga.

A suspeita da polícia é de que a ação tenha sido uma represália motivada por transferência de presos e ações nos presídios que retiraram regalias dos detentos. Em carta deixada em um dos ônibus, os bandidos ameaçaram explodir prédios públicos e praticar atentados se o governo seguir "mexendo com as unidades prisionais".

Devido aos ataques, a população de Fortaleza ficou sem ônibus na tarde desta quarta. Durante os incêndios, um motorista sofreu queimaduras e foi internado, mas não corre risco de morte. Não há registros de outros feridos nos ataques. O sistema de ônibus voltou a operar normalmente na manhã desta quinta-feira (20), com reforço da segurança.

Mais conteúdo sobre: