Polícia

PF realiza operação contra pedofilia no Piauí e mais 13 estados

Estão sendo cumpridos 72 mandados de busca e apreensão e mais dois de condução coercitiva. Cerca de 11 pessoas já foram presas.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

A Polícia Federal (PF) está realizando nesta terça-feira (25) a segunda fase da Operação Glasnost onde estão cumprindo mandados em 51 cidades de 14 estados brasileiros, incluindo o Piauí. A operação investiga crimes relacionados à exploração sexual de crianças e o compartilhamento de pornografia infantil na internet. A operação é comandada pela Polícia Federal do Paraná.

Segundo informações do G1, estão sendo cumpridos 72 mandados de busca e apreensão e mais dois de condução coercitiva. Cerca de 11 pessoas já foram presas, sendo que foram oito em flagrantes e três preventivas cumpridas nas cidades de Guarujá e Paranapanema em São Paulo e em Santarém, no Pará. No caso do Piauí. foi cumprindo um mandado de busca e apreensão na cidade de Oeiras.

  • Foto: Thais Souza/GP1Polícia Federal no PiauíPolícia Federal no Piauí

Além do Piauí estão sendo cumpridos mandados no Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará e Sergipe.

A investigação da Polícia Federal foi feita com base em um monitoramento em um site russo, que funciona como um ponto de encontro para pedófilos do mundo todo. Os acusados armazenavam e produziam várias fotos e vídeos com bebês, crianças e adolescentes, onde muitos são abusados sexualmente por adultos.

Primeira Operação

A primeira operação foi realizada em 2013 e foram cumpridos 80 mandados de busca e prisão e realizadas 30 prisões em flagrante por posse de pornografia infantil.