Brasil

Piloto confirma versão de Joesley Batista sobre voo com Temer

Ex-funcionário da JBS afirmou que entregou pessoalmente um buquê de flores a Marcela Temer.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O piloto do voo que levou a família do então vice-presidente Michel Temer de Comandatuba, na Bahia, a São Paulo, confirmou a versão contada por Joesley Batista à Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre o empréstimo do Learjet PR-JBS ao político, em janeiro de 2011.

Piloto há 33 anos, José de Oliveira Cerqueira, de 61 anos, disse em entrevista ao site Globo que entregou pessoalmente a Marcela Temer um buquê de flores em sua chegada à aeronave. “Mandaram entregar as flores no avião. A própria empresa me orientou a informar que quem enviou foi a dona Flora”, disse o piloto em referência a mãe de Joesley.

  • Foto: Estadão ConteúdoJoesley Batista e Michel TemerJoesley Batista e Michel Temer

Em nota oficial, Temer negou que soubesse quem era o proprietário da aeronave que transportou ele e a família. No entanto, a versão de Temer contradiz o relato de Joesley, que contou aos procuradores ter recebido uma ligação do então vice-presidente perguntando sobre o envio de flores na aeronave e para agradecer pela gentileza.

Cerqueira disse ainda ter registrado no diário de bordo da aeronave os trechos percorridos e anotado também quem eram os passageiros. Documentos entregues à PGR pelos colaboradores da JBS trazem a anotação “Família sr. Michel Temer”, em viagens dos dois dias. O piloto conta ter se lembrado da história apenas nesta semana, depois que o caso veio à tona e foi publicado na imprensa.

Mais conteúdo sobre: