Política

Plenário da Câmara conclui leitura da denúncia contra Temer

Etapa era necessária para que o processo tenha andamento na Câmara.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O plenário da Câmara dos Deputados concluiu no fim da tarde desta terça-feira (26), a leitura da segunda denúncia da Procuradoria-geral da República contra o presidente Michel Temer, pororganização criminosa e obstrução à Justiça. O procedimento era necessário para que o processo tenha andamento na Casa.

Para que o Supremo Tribunal Federal (STF) siga com a análise da acusação, é preciso que a Câmara autorize a denúncia. De acordo com informações do G1, a leitura foi feita pela segunda-secretária da Mesa Diretora, deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO), e durou 5 horas e 35 minutos.

  • Foto: Wilton Junior/Estadão ConteúdoCâmara dos DeputadosCâmara dos Deputados

Entregue pelo Supremo à Câmara na noite de quinta-feira (21), a denúncia contra Temer era pra ter sido lida na sexta-feira (22) e na quinta (25), mas não havia quórum suficiente na Casa para que a leitura fosse feita em sessão do plenário. A sessão desta terça foi agendada para iniciar às 11h30 e começou minutos depois. Entretanto, os deputados ficaram se revezando em discursos até a chegada do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A leitura foi iniciada às 12h09 e concluída às 17h44.

O presidente foi denunciado ao Supremo pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça. Pra que a acusação siga para a Corte, são necessários os votos de, no mínimo, 2/3 dos deputados, ou seja, 342 dos 513.