Piauí - Teresina

PM atende 5 agressões contra mulheres na zona norte de Teresina

Em um dos casos o agressor foi autuado em flagrante pela Lei Maria da Penha.

LUCAS MARREIROS

- atualizado

O 9º Batalhão da Polícia Militar recebeu, no início da tarde deste domingo (11), cinco ocorrências de violência doméstica. De acordo com o Comandante do Policiamento da Unidade (CPU), tenente Francisco Miranda, em um dos casos o agressor foi autuado em flagrante pela Lei Maria da Penha.

“Hoje, só agora a tarde, já recebemos cinco ocorrências, estamos com três viaturas, duas na central e outra com um flagrante. Em um dos casos a vítima veio aqui no batalhão pedir que fossemos até a residência dela”, informou o tenente Francisco Miranda.

Segundo o tenente Francisco Miranda, as vítimas e os suspeitos estão sendo levados para a Central de Flagrantes de Gênero, localizada na sede da Central de Flagrantes de Teresina. "Lá é feito o procedimento, mas muitas vezes as vítimas, dependendo das circunstancias, não querem que o companheiro fique preso”, explicou.

  • Foto: Thais Sousa/ GP1Viatura do 9° BatalhãoViatura do 9° Batalhão

Conforme a Secretária de Segurança Pública do Piauí, durante o atendimento na Central de Gêneros a vítima é ouvida por uma delegada mulher, que registra o boletim de ocorrência. O relato da vítima tem seu teor original resguardado na integralidade. Durante todo atendimento uma policial civil explica à vítima a metodologia adotada, sempre tentando detalhar o delito para otimizar a investigação criminal.

Em seguida, a vítima é encaminhada para equipe multidisciplinar, com assistente sociais e psicólogas. Essas profissionais fazem um relatório sobre as condições psicossociais. Fica a cargo da delegada encaminhá-la para realização de exame de corpo de delito e ao serviço de atendimento à Mulher Vítima de Violência Sexual (SAMVVIS).

Além do 190, denúncias de violência doméstica podem ser feitas também pelo 180, serviço telefônico gratuito, disponível 24 horas em todo o país, e por meio do aplicativo Salve Maria.

Mais conteúdo sobre: