Piauí - Teresina

Pochetes são resgatadas dos anos 80 e passam a compor looks

As pochetes não vieram como antigamente, nos modelos antigos e grosseiros, pelo contrário, voltaram delicadas, com estampas modernas, em cores e com detalhes que deixam a produção mais fashion.

THAIS SOUZA

- atualizado

As pochetes surgiram na década de 80 e fizeram muito sucesso quando foram lançadas, devido sua funcionalidade, praticidade e por sua localização frontal que diminui consideravelmente o risco de serem furtadas. Com o passar dos anos, essa peça começou a ser ridicularizada e temida pelas gerações seguintes. O preconceito teve início por conta do material que elas eram produzidas, nylon, e por elas fazerem “volume” em um lugar que não é desejado: na barriga!

De acordo com a estilista, Louise Azevedo, as pessoas ainda não aderiram tanto essa moda, só as mais vanguardistas. Mas a possibilidade das pessoas aderirem é muito grande, devido à massificação, o produto vai se tornado consumível por toda a sociedade e as pessoas vão aderindo aos poucos.

  • Foto: Ana GoudinhoCamisa, saia e pochete: Chiquita Atelier. Styling e assessoria: Ana GoudinhoCamisa, saia e pochete: Chiquita Atelier. Styling e assessoria: Ana Goudinho

Porém, esse acessório versátil ressurgiu e foi destaque nas passarelas internacionais de verão 2017, e veio em versão esportiva, hippie e clássica. Elas não vieram como antigamente, nos modelos antigos e grosseiros, pelo contrário, voltaram delicadas, com estampas modernas, em cores e com detalhes que deixam a produção mais fashion. Geralmente as pochetes são usadas em cima da cintura na lateral, transversalmente ou na lateral do corpo. Elas combinam com tudo desde o estilo mais despojado até um mais clássico, mas como tudo, deve haver um bom senso na composição do look.

  • Foto: Ana GoudinhoCamisa, saia e pochete: Chiquita Atelier. Styling e assessoria: Ana GoudinhoCamisa, saia e pochete: Chiquita Atelier. Styling e assessoria: Ana Goudinho

Conforme a publicitária, Marielle Azevedo, a pochete é uma peça agênero, ou seja, ela pode ser usada por ambos os gêneros. “Elas são bem democráticas e podem ser usadas por mulheres dos mais diversos estilos. Por exemplo, uma mulher mais clássica ela pode usar uma pochete com um formato sem muita cor e colocar uma peça de alfaiataria. Se você é mais divertida, você pode brincar com os formatos, usar uma pochete com um formato de arco-íris com um look mais colorido. Além disso, ela fica muito bacana também emlooks masculinos.

  • Foto: Ana GoudinhoCamisa, saia e pochete: Chiquita Atelier. Styling e assessoria: Ana GoudinhoCamisa, saia e pochete: Chiquita Atelier. Styling e assessoria: Ana Goudinho

MAIS NA WEB