PI - Prata do Piauí

Polícia Civil abre investigação contra prefeito Antônio Parambu

A investigação foi instaurada após representação do empresário Dorivaldo Andrade noticiando diversas irregularidades na administração do município.

GIL SOBREIRA

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado – Greco instaurou inquérito para investigar o prefeito do município de Prata do Piauí, Antônio Gomes de Sousa (PTC), o conhecido “Antônio Parambu”, acusado de peculato e outros crimes.  

A investigação foi instaurada após representação do empresário Dorivaldo Andrade noticiando diversas irregularidades na administração do município.

Antônio Parambu é acusado de gerência indevida na formação dos conselhos municipais do Fundeb e Saúde, com o objetivo de torná-los viciados, submissos à sua vontade; de ter adquirido R$ 39.000,00 de próteses dentárias; locado veículos, com motoristas, para o transporte escolar, no valor de R$ 250.000,00 e da predominância de pagamentos a apenas duas empresas: Martins Serviços, CNPJ nº 15.570.114/0001-44, e Nogueira & Alencar Ltda., CNPJ Nº 16.750.320/0001-07.

O prefeito é ainda acusado de ter contratado um empresa de fachada pertencente à família do contador da prefeitura, para execução dos serviços de transporte escolar, no montante de R$ 838.320,00

Em junho de 2016, a delegada Rejane Borges de Carvalho Piauilino solicitou a dilação do prazo a Justiça para a conclusão do inquérito.

O prefeito não foi reeleito, tendo perdido a eleição por uma diferença de 25 votos.

Outro lado

Procurado pelo GP1 na noite desta quarta-feira (23), o prefeito Antônio Parambu não foi localizado para comentar o caso. 

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB