Brasil

Polícia conclui que Mariana foi estuprada e morta pelo cunhado

Lucas Porto vai responder por estupro, homicídio e feminicídio.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado
  • Foto: Arquivo Pessoal/Mariana Costa Marina Costa Marina Costa

A Polícia Civil do Maranhão apresentou os resultados dos laudos periciais nesta quarta-feira (23), na sede as Secretaria de Segurança Pública, (SSP-MA), em São Luís e concluiu que o empresário Lucas Porto, de 37 anos, estuprou e matou por asfixia a própria cunhada, a publicitária Mariana Costa de 33 anos, filha do ex- deputado estadual Sarney Neto e sobrinha-neta do ex-presidente e ex-senador José Sarney.

Lucas Porto confessou o crime e vai responder na justiça por estupro, homicídio e feminicídio. Segundo o secretário de Segurança Pública, Jeferson Portela, houve requintes de crueldade na ação.  “Foi um crime cometido com extrema violência e crueldade contra uma mulher, sem chances de defesa. A vítima foi surpreendida enquanto dormia. Ele podia ter ido embora quando ela estava apenas desmaiada, mas ele a sufocou usando um travesseiro, decidindo finalizar a vida dela”, disse

A perícia realizada concluiu que Lucas Porto estuprou, depois esganou e por fim asfixiou Mariana. De acordo com informações do G1, o perito Miguel Alves disse que as marcas pelo corpo da jovem apontam que houve luta corporal e que ela sofreu antes da morte.

“A vítima se debateu muito tentando se desvencilhar do criminoso. Isso é o que demonstram as diversas escoriações encontradas no corpo da vítima, nas pernas, nos braços e até na cabeça. Lesões que demonstram tentativa de defesa e que ela se debateu por conta do sofrimento”, revelou .

O empresário tinha informações de como entrar no apartamento da cunhada e sabia que ela estaria sozinha naquele momento. Ele confessou o crime na última quarta-feira (16). A motivação seria uma atração que ele tinha por Mariana.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Polícia conclui que Mariana foi estuprada e morta pelo cunhado
http://www.gp1.com.br/noticias/policia-conclui-que-mariana-foi-estuprada-e-morta-pelo-cunhado-404837.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.