PI - Teresina

Polícia Militar lança Operação Mandacaru na cidade de Teresina

A operação vai integrar as polícias civil, militar e o Corpo de Bombeiros.

THAIS SOUZA

- atualizado

A Operação Mandacaru foi lançada na manhã dessa sexta-feira (11), por volta das 6h30, no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, localizado no Cristo Rei, zona sul de Teresina. A Operação Mandacaru será desencadeada, por tempo indeterminado, visando coibir, especialmente, o uso ilegal de armas de fogo, furto e roubo de veículos.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Coronel Carlos AugustoCoronel Carlos Augusto

De acordo com o coronel Carlos Augusto, comandante geral da PM, a operação vai ser realizada em todas as zonas da Capital, e também no interior do estado. As ações policias serão efetivadas a partir da identificação de maior incidência de ocorrências, através do Serviço de Inteligência. “Iniciaremos hoje na zona sul, mas iremos fazer na grande Santa Maria da Codipi, quase que simultaneamente. Vamos atuar, não só em Teresina, mas vamos atuar em algumas cidades do interior, em festejos, em grandes eventos e shows”, disse.

“Nós temos um grande desafio nesse país, no nosso Estado, tanto na questão de apreensão de armas como na apreensão de drogas. Vamos trabalhar integrado com todas as forças de segurança com a presença forte da Polícia Militar em horários onde nós percebemos que é necessário, que é o horário de maior movimento. Temos um compromisso permanente com a população de levar a sensação de segurança a todos os piauienses”, revelou o comandante da PM.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Secretário de Segurança Fábio AbreuSecretário de Segurança Fábio Abreu

O secretário de segurança do estado do Piauí, Fábio Abreu, informou que o nome “Operação Mandacaru” é em homenagem ao Coronel Prado. “Porque em uma das operações que ele instalou foi a Operação Mandacaru, e nos observando exatamente o histórico dessa operação e o da própria palavra [mandacaru], a resistência que ela tem, exatamente no nordeste. A ideia de reeditar essa operação é que diante de tantas dificuldades financeiras, principalmente no nosso Estado, ainda sim estamos conseguindo avançar. No mês de julho, foi um dos melhores meses para a história do nosso Estado com relação aos homicídios. Essa operação é constante, e estaremos de forma integrada com as polícias civil, militar e Corpo de Bombeiros. Somente, através da integração conseguiremos avançar”, finalizou Fábio.

MAIS NA WEB