Piauí - Teresina

Polícia prende último envolvido na morte de empresário em Teresina

Segundo o delegado Baretta, ele é apontado como o autor do latrocínio, ocorrido no dia 03 de julho de 2015.

ANDREIA SOARES

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios, coordenada pelo delegado Francisco Baretta, concluiu mais um inquérito policial com a prisão preventiva de Alex Araújo de Sousa, realizada na tarde dessa quarta-feira (23), por volta das 16h30. Ele é apontado como o autor intelectual do latrocínio (roubo seguido de morte) contra Jordão Mendes da Silva, conhecido como Playboy.

A vítima, de 25 anos, foi assassinada no dia 03 de julho de 2015, por volta das 11h15, na loja de sua propriedade de nome “Playboy Fashion”, localizada no bairro Dirceu Arcoverde I, zona sudeste de Teresina.

  • Foto: Divulgação/ Delegacia de HomicídiosAlex Araújo de SousaAlex Araújo de Sousa

O acusado de planejar e fornecer a arma e a moto para o crime, era o último que faltava a ser preso pela polícia. Os outros dois envolvidos, que já haviam sido detidos anteriormente, são Fábio Kalleus da Silva Santos, acusado de efetuar o disparo e Halyson Lima Ribeiro, acusado de pilotar a moto durante a ação criminosa.

De acordo com o delegado Baretta, os dois confessaram a autoria do crime e delataram Alex como mentor do latrocínio. Ele estava foragido no estado do Maranhão e, ao chegar em Teresina, foi localizado e preso por policiais da Delegacia de Homicídios.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Polícia prende último envolvido na morte de empresário em Teresina
http://www.gp1.com.br/noticias/policia-prende-ultimo-envolvido-na-morte-de-empresario-em-teresina-404899.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.