Piauí - Pedro II

Prefeito Alvimar deve reintegrar ex-secretária de Saúde demitida

A decisão do juiz de direito Kildary Louchard de Oliveira Costa é desta terça-feira (06).

RAISA BRITO

- atualizado

O juiz de direito Kildary Louchard de Oliveira Costa concedeu mandado de segurança para que o prefeito de Pedro II, Alvimar Martins, reintegre a ex-secretária de Saúde, Amanda Rafaela Andrade Monteiro, aos quadros de servidores públicos comissionados do município, no prazo de 48 horas. A decisão é desta terça-feira (06).

Amanda alegou que desde janeiro de 2015, na gestão de Neuma Café, exercia o cargo comissionado de Secretária Municipal de Saúde, e que em dezembro de 2016 ficou grávida, sendo exonerada no início de janeiro de 2017 quando ainda não havia confirmado a gestação. Ela afirmou que fez um requerimento de reintegração aos quadros de servidores do município, mas que sempre que procura informações sobre seu processo administrativo, não as obtém.

  • Foto: Facebook/Alvimar MartinsPrefeito Alvimar MartinsPrefeito Alvimar Martins

A autora declarou também que outras gestantes que faziam parte do grupo político da ex-prefeita também foram demitidas e que o prefeito continua mantendo a situação por abuso de poder.

Para o juiz “ o perigo de dano ao resultado útil do processo é intuitivo, em face do estado natural de gravidez pelo qual se encontra a Impetrante, que necessita nesse momento de assistência médica, retorno ao trabalho e a continuidade do recebimento do salário, que lhe garantirá mais tranquilidade para cuidar de todas as necessidades para a chegada do seu filho até o fim da fase de licença-maternidade”.

Outro lado

Procurado pelo GP1, na tarde desta quarta-feira (07), o prefeito Alvimar Martins não foi localizado para comentar a decisão.

Mais conteúdo sobre: