Piauí - Campo Grande do Piauí

Prefeito Baiá é denunciado ao Tribunal de Contas do Estado

O conselheiro Joaquim Kennedy Nogueira Barros é o relator da denúncia e deverá colocar o caso para ir a julgamento.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O prefeito de Campo Grande do Piauí, João Batista de Oliveira, mais conhecido como Baiá, foi denunciado ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) por supostas irregularidades referentes ao acúmulo de cargos de servidores na prefeitura.

Uma pessoa, que preferiu não se identificar, afirmou na denúncia que atualmente três servidores da prefeitura de Campo Grande do Piauí estão acumulando cargos. Na denúncia são citados Francisco Jailton de Oliveira, que é programador de informática e professor. Também é citada Maria do Socorro Jeanne Silva, que é fiscal de tributos, de 7hs às 13hs, e professora, de 13h às 17h, além de Jacinto José Rodrigues, que é fiscal de tributos, de 7h às 13h e professor 13h às 17h. Em cada cargo os denunciados possuem carga horária de 40h.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tribunal de Contas do EstadoTribunal de Contas do Estado

Uma análise realizada por auditores do TCE, por meio da Diretoria de Fiscalização da Administração Municipal (DFAM), considerou que os fatos denunciados são procedentes e que o processo já está pronto para ser julgado.

“Diante do trabalho aqui relatado, a Diretoria de Fiscalização da Administração Municipal considera o presente processo em condições de ser submetido à apreciação superior e coloca-se à disposição do Sr. Joaquim Kennedy Nogueira Barros para os esclarecimentos, os que se fizerem necessários”, destacou a DFAM em relatório.

Agora o Ministério Público de Contas deverá se manifestar sobre o caso e depois o conselheiro Kennedy Barros, que é o relator da denúncia, deverá colocar o caso para ir a julgamento.

Outro lado

Procurado pelo GP1nesta terça-feira (18), o prefeito Baiá não foi localizado para comentar o caso.

MAIS NA WEB