Piauí - Alegrete do Piauí

Prefeito de Alegrete do Piauí suspende concurso público

Márcio Alencar (PT) assinou o decreto suspendendo o certame na última segunda-feira, 25, data em que deveriam iniciar as inscrições.

JOSÉ MARIA BARROS

Alegando que o município encontra-se no limite prudencial de gastos com pessoal, o prefeito de Alegrete do Piauí, Márcio Alencar (PT), suspendeu por tempo indeterminado a realização de concurso público que ele mesmo havia convocado através do edital nº 001/2017.

O decreto suspendendo a realização do certame foi assinado pelo prefeito Márcio Alencar na última segunda-feira, 25, data em que deveriam iniciar as inscrições. Cópia do decreto foi publicada no Diário Oficial dos Municípios, edição da última terça-feira, 26, na página 118.

  • Foto: Danilo BezerraMárcio Alencar suspende concurso públicoMárcio Alencar suspende concurso público

O concurso público de Alegrete do Piauí disponibilizaria 92 vagas para os mais diferentes cargos, com salários que variavam de R$ 937,00 a R$ 6 mil e 500 mensais. O edital havia sido lançado no dia 19 de setembro e as inscrições iriam de 25 de setembro a 12 de outubro. A prova objetiva estava prevista para 19 de novembro de 2017.

Alegações

Para suspender o concurso o prefeito Márcio Alencar fez uma série de alegações, dentre as quais a atual situação política, administrativa e financeira do país, bem como a necessidade de redução do tamanho da máquina administrativa, tornando-a eficiente.

Márcio Alencar alegou ainda que o concurso oneraria as contas públicas e o custeio da folha de pagamento dos servidores, sujeitando ao gestor a possibilidade de sofrer severas punições, em desatenção e do desrespeito aos limites de gastos com pessoal, colocando em colapso toda a administração pública e os serviços prestados.

No decreto o prefeito alegou ainda a necessidade de se executar planejamento eficaz visando atender à administração pública e a redução do quadro de pessoal e otimização dos serviços públicos.