Piauí - Regeneração

Prefeito Hermes Teixeira vai ter salário maior que o de Wellington

“[O Projeto de Lei] foi aprovado na Câmara no mês de  setembro. O prefeito não sancionou e nem vetou, então eu sancionei", justificou o ex-presidente da Câmara.

GIL SOBREIRA E RAYANE TRAJANO

- atualizado
  • Foto: Facebook/Dr. HermesHermes Júnior Hermes Júnior

O salário do prefeito do município de Regeneração, Hermes Teixeira Nunes Júnior, aprovado pela Câmara Municipal e sancionado pelo ex-presidente Francisco das Chagas Santos (PR), será de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) a partir de janeiro de 2017. O valor é maior que o do governador do Estado que em novembro de 2016 foi de R$ 17.985,00, conforme dados do portal da transparência do estado. A vice-prefeita Izinha foi contemplada com salário de R$ 10.000,00.

A sanção da Lei nº 899/2016 aumentando os salários do prefeito e do vice foi um dos últimos atos de Chagas Santos a frente da Câmara Municipal e ocorreu no último dia 30 de dezembro.

A aberração não para por aí, Chagas Santos também sancionou a Lei nº 898/2016 aumentando os subsídios dos vereadores para R$ 8.000,00 (oito mil reais) e o do presidente da Câmara para R$10.400,00.

Segundo dados do último censo do IBGE, o município de Regeneração que fica localizado na Microrregião do Médio Parnaíba, possui 17.556 habitantes. 

Outro lado

Procurado pelo GP1na tarde desta quinta-feira (05), o ex-presidente da Câmara Francisco das Chagas Santos afirmou que o aumento dos salários foi aprovado pelos vereadores em setembro, antes das eleições. “[O Projeto de Lei] foi aprovado na Câmara no mês de  setembro. O prefeito não sancionou e nem vetou, então eu sancionei. Fiz isso no dia 30 porque o projeto só retornou para mim nesse dia”, disse.

O prefeito Hermes Teixeira Nunes Júnior não foi localizado para comentar o caso. 

MAIS NA WEB