Piauí - Água Branca

Prefeito Jonas Moura aprova subsídio de R$ 14 mil para 2017

As despesas decorrentes dessa lei ocorrerão por conta de dotações próprias do orçamento do poder executivo municipal e entra em vigor a partir do dia 1º de janeiro de 2017.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O prefeito reeleito de Água Branca, Jonas Moura, sancionou a lei de nº 0549/2016, do dia 23 de dezembro, que fixa o seu subsídio e o do vice-prefeito para o mandato de 2017 a 2020.

Com a lei ficou estabelecido que o prefeito vai ganhar a partir do próximo ano o valor de R$ 14 mil, sendo que ele não terá o direito de receber o 13º salário. Já o vice-prefeito Raimundo dos Santos e Silva, mais conhecido como Nen, vai receber apenas a metade desse valor, R$ 7 mil. Ele também não tem direito ao 13º salário.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Jonas MouraJonas Moura

As despesas decorrentes dessa lei ocorrerão por conta de dotações próprias do orçamento do poder executivo municipal e entra em vigor a partir do dia 1º de janeiro de 2017. O reajuste no salário está sendo feitopor vários prefeitos piauienses no final do mandato corresponde a legislatura de 2013-2016.

APPM

O prefeito Jonas Mouras está participando da disputa pela presidência da Associação Piauiense dos Municípios (APPM). Ele é candidato à vice-presidente na chapa encabeçada pelo prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos. As eleições estão previstas para ocorrer em 6 de janeiro.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB