Piauí - Picos

Prefeito Padre Walmir dispensa 500 servidores em Picos

Decreto assinado na última terça-feira, 26 de setembro, entra em vigor no dia 1º de outubro.

JOSÉ MARIA BARROS

- atualizado

Alegando a necessidade de reduzir os gastos com a folha de pagamento e readequar a máquina administrativa, o prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), dispensou, de uma canetada só, 500 servidores contratados temporariamente. Todos eles haviam ingressado no serviço público indicados por apadrinhamento político.

O decreto dispondo sobre a rescisão dos contratos temporários dos servidores públicos municipais foi assinado pelo prefeito Padre Walimr (PT) na última terça-feira, 26 de setembro, e entra em vigor no dia 1º de outubro.

Cópia do decreto foi publicada no Diário Oficial dos Municípios, edição desta quinta-feira, 28, página 257. Os contratos se encerrariam somente em 30 de novembro, mas, devido a crise financeira que o município atravessa, o prefeito Padre Walmir resolveu antecipar a dispensa dos contratados em dois meses.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Padre Walmir demite 500 servidores contratadosPadre Walmir demite 500 servidores contratados

Segundo a secretária municipal de Governo, Maria Santana, as demissões atingem todas as secretarias, principalmente a Saúde e a Educação. Com a medida, a gestão do Padre Walmir espera fazer uma economia entre R$ 650 mil e R$ 700 mil mensais.

Em nota a secretária de Governo Maria Santana alerta a comunidade que, devido aos cortes alguns atendimentos ou serviços poderão inicialmente ficar prejudicados. Segundo ela, a decisão de dispensar os contratados atende também uma recomendação do Ministério Público do Trabalho.

Comissionados

A secretária de Governo adverte que nesse primeiro momento estão acontecendo às dispensas de contratados, mas, com certeza, a partir do mês de outubro e novembro, haverá a necessidade de readequação também no quadro de comissionados.

“Acontecerão mais demissões, infelizmente, para que a gente possa atender as exigências do Ministério Público do Trabalho e manter a máquina apenas com efetivos e concursados” – anunciou a secretária Maria Santana.

A administração do Padre Walmir conta com mais de 300 servidores comissionados indicados por apadrinhamento político, dentre os quais, cerca de 40 estão lotados no Gabinete do Prefeito e os demais espalhados pelas secretarias municipais ou órgãos ligados á gestão.

Mais conteúdo sobre: