Piauí - Sussuapara

Prefeito Pé Trocado é denunciado ao Tribunal de Contas do Estado

A relatora do caso será a conselheira Waltânia Alvarenga. No dia 28 de setembro, ela determinou que o prefeito seja citado, para que apresente justificativa sobre a denúncia.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado
  • Foto: ReproduçãoPrefeito Pé TrocadoPrefeito Pé Trocado

O prefeito de Sussuapara, Edvardo Antônio da Rocha, mais conhecido como "Pé Trocado" foi denunciado ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) pelo servidor público Raimundo José dos Santos. A denúncia é do dia 23 de setembro.

O denunciante explica que é servidor público concursado desde 1997, exercendo o cargo de serviços diversos, mas que desde 2015 está afastado das suas funções sem receber qualquer renumeração. No entanto, ao conferir as prestações de contas referentes aos anos de 2015 e 2016 da prefeitura de Sussuapara, ele disse ter percebido que o seu nome está constando na lista de servidores como se estivesse recebendo mensalmente seus vencimentos, o que ele alega que não é verdade.

“A prestação de contas, pelo menos com relação ao pagamento do representante, está se dando de forma ilegal, vez que o representante não está percebendo seu vencimento, até porque não está trabalhando. Entretanto, tal verba está sendo contabilizada nas respectivas prestações de contas, havendo assim, desvio de finalidade, sugerindo que alguém esteja percebendo tal verba em nome do representante”, explicou o denunciante.

A relatora do caso será a conselheira Waltânia Alvarenga. No dia 28 de setembro, ela determinou que o prefeito seja citado, para que apresente justificativa  e toda a documentação necessária em relação a sua defesa.

Outro lado

Procurado, o prefeito não foi localizado para comentar o caso.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Prefeito Pé Trocado é denunciado ao Tribunal de Contas do Estado
http://www.gp1.com.br/noticias/prefeito-pe-trocado-e-denunciado-ao-tribunal-de-contas-do-estado-402268.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.