Piauí - Demerval Lobão

Prefeito reeleito Júnior Carvalho é um dos mais votados do Brasil

Júnior Carvalho, teve 7.729 votos de 11.606 eleitores e afirma que vai trabalhar para mais melhorias na cidade.

ANDREIA SOARES

- atualizado

O prefeito reeleito da cidade de Demerval Lobão, Júnior Carvalho (PMDB), foi um dos eleitos com um dos maiores índices de votos em todo o país, alcançando 82,91% de votos válidos. Dos 11.606 eleitores do município, 7.729 aprovaram a gestão do empresário. O segundo colocado, Antonio Carlos (PP), ficou com 16,79%, equivalente a 1.565 votos. Enquanto que o terceiro, Romualdo Brazil (PSOL), alcançou apenas 28 votos (0,30%).

Júnior Carvalho agrega a vitória à três motivos. “Primeiro por ser filho desta terra, tratá-la com amor e carinho. Segundo por ter uma experiência no ramo privado, porque sou empresário, e isso facilitou minha administração pública, além de que não dependo dos recursos municipais para me manter, como muitos outros prefeitos fazer ao desviar verbas que eram para as prefeituras. E terceiro, por ser humilde, não destrato ninguém por não ter votado em mim, sou prefeito de todos”, afirmou.

  • Foto: Facebook/ JúniorCarvalhoJúnior CarvalhoJúnior Carvalho

Sobre os projetos futuros, o prefeito afirma que nesta gestão focou em saúde e educação, e agora vai focar em infraestrutura. “A cidade de Demerval cresceu muito, principalmente com os programas do Governo Federal, como as casas da Caixa. A saúde e educação estão equilibradas, agora quero trabalhar para no asfaltamento e calçamento. E também quero municipalizar a água, porque muitos bairros ainda sofrem com o abastecimento de água.
 

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Prefeito reeleito Júnior Carvalho é um dos mais votados do Brasil
http://www.gp1.com.br/noticias/prefeito-reeleito-junior-carvalho-e-um-dos-mais-votados-do-brasil-402347.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.