Piauí - Padre Marcos

Prefeito Valdinar proíbe concessão de gratificações em Padre Marcos

A proibição irá durar até as finanças públicas municipais da prefeitura de Padre Marcos sejam reorganizadas e as despesas com pessoal fiquem dentro dos limites estabelecidos pela LRF.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O prefeito de Padre Marcos, José Valdinar da Silva, publicou decreto de nº 35/2017, onde suspende a inclusão em folha de pagamento de todas as secretarias e órgãos da administração pública de acréscimo de salário, gratificações, quinquênios, decênios, mudança de classe, carga horária ou outros acréscimos que alterem as folhas salariais e encargos sociais.

A decisão foi publicada no Diário Oficial dos Municípios de quinta-feira (28) e o prefeito informou que a crise econômica não permite que sejam feitas quaisquer alterações nas folhas salariais. “A cada mês, os recursos repassados e arrecadados diminuem, dificultando satisfazer as obrigações da administração que estão em vias de atrasos os salários e outras obrigações”, disse o gestor que acrescentou que qualquer aumento na folha salarial aumentará automaticamente os encargos sociais.

“É melhor suspender alterações nas folhas salariais, que atrasar os salários”, destacou Valdinar, informando que “o setor da Contabilidade e a Assessoria Jurídica, alertaram que as condições das finanças municipais carece, de providências urgentes da administração”.

A proibição irá durar até as finanças públicas municipais da prefeitura de Padre Marcos sejam reorganizadas e as despesas com pessoal fiquem dentro dos limites estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Mais conteúdo sobre: