Piauí - Teresina

Prefeitura de Teresina vai investir R$ 2 milhões em acessibilidade

Prefeitura de Teresina realizou uma reunião nesta segunda-feira (17) com representantes de entidades que representam os deficientes físicos.

Visando garantir a acessibilidade para pessoas portadoras de deficiências físicas, a Prefeitura de Teresina realizou uma reunião nesta segunda-feira (17) com representantes de entidades que representam os deficientes físicos para definir as novas ruas que serão asfaltadas em 2017. O encontro aconteceu na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) e estabeleceu o investimento de R$ 2 milhões para essas ações.

De acordo com o coordenador de asfaltamento da SEMDUH, Daniel Pereira, mais de 58 ruas que são passagens dos deficientes físicos foram asfaltadas nos últimos quatro anos. "A Prefeitura de Teresina segue investindo em acessibilidade. Nos últimos anos, foram aplicados mais de R$ 4 milhões em asfaltamento de vias para promover melhor qualidade de vida aos deficientes físicos", declarou.

  • Foto: Divulgação/AscomEncontro ocorreu nessa manhã Encontro ocorreu nessa manhã

A lista com o nome das ruas será enviada ao Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Piauí (CONADE-PI), que fará a seleção das vias que deverão ser asfaltadas neste ano. A prioridade será a rua que tiver um menor custo para atender o maior número de pessoas com necessidades especiais. Após a seleção, a SEMDUH executará as obras de acessibilidade. 

"As pessoas nos procuram muito ansiosas para que suas ruas sejam asfaltadas e é importante mantermos esse contato com os órgãos responsáveis para que possamos cumprir o nosso papel social de trazer as necessidades das pessoas para que elas sejam atendidas. A lista com as ruas que poderão ser asfaltadas já é um grande passo para a realização dos nossos anseios", declara a presidente da Associação dos Cadeirantes do Município de Teresina (ASCAMTE), Jucilene Maria da Silva.

As pessoas que não tiveram suas ruas contempladas na lista poderão entrar em contato com a SEMDUH, presencialmente ou por meio do telefone 3221-7050, no prazo máximo de 15 dias. Logo após, a lista final será encaminhada ao CONADE-PI, para que seja feita a seleção das ruas e, então, será divulgado o cronograma de execução das obras. Os interessados podem conferir a lista CLICANDO AQUI.

A reunião aconteceu após uma audiência no Ministério Público que discutiu a acessibilidade, calçamento e pavimentação asfáltica de vias públicas. Estiveram presentes no encontro o coordenador de asfaltamento da SEMDUH, Daniel Pereira; a presidente da Associação dos Deficientes Físicos de Teresina (ADEFT), Maria do Amparo de Sousa; a Presidente da Associação dos Cadeirantes do Município de Teresina (ASCAMTE), Jucilene Maria da Silva; a presidente da APIDI, Gilmara Costa; e a presidente do Insituto PANDA, Januária Ferreira.


MAIS NA WEB