Piauí - Teresina

Preso acusado de sequestro relâmpago de personal trainer em Teresina

Segundo informações do policial Miguel Ângelo, chefe de plantão do 12º DP, o acusado foi preso no Hospital de Urgência de Teresina.

DÉBORA DAYLLIN

- atualizado

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta quarta-feira (11), um dos acusados de sequestro relâmpago contra uma personal trainer na porta da MaxGym Academia, ele foi identificado como Ronei Soares Silva,27 anos.

Segundo informações do policial Miguel Ângelo, chefe de plantão do 12º DP, o acusado foi preso no Hospital de Urgência de Teresina: “Um dos acusados foi preso porque durante a colisão do veículo ele se machucou, lesionou um dos braços, e o outro parceiro deixou ele no HUT e, ao chegar ao hospital, os policiais militares entraram em contato com um colega nosso informando sobre a entrada dele. Nosso colega foi até lá e constatou que ele era um dos acusados”, relatou.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Policial Miguel ÂngeloPolicial Miguel Ângelo

O estudante da UFPI, Rubens Antônio, que teve a moto roubada pelos bandidos, relatou como tudo aconteceu: "Eu estava indo pra UFPI e no cruzamento com a Elias João Tajra tinha uma batida bem violenta e uma mulher gritando socorro, dizendo que era assalto e eu sem reação, até que vi dois caras correndo em minha direção, eu pensei que eles vinham pedir ajuda, mas fizeram foi me assaltar, me empurraram, um deles estava com revolver", contou.

"Minha reação foi correr atrás da moto, uma mulher me deu uma carona, a gente tentou persegui-los, mas não conseguimos, voltei pro lugar da batida e lá descobri que eles tinham sequestrado uma professora da academia", afirmou.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Rubens AntônioRubens Antônio

Rubens foi até o 12º DP e reconheceu o preso como um dos que roubaram a sua moto.

A polícia segue em diligências por toda a noite de hoje (11), a fim de localizar o comparsa de Ronei.

Mais conteúdo sobre: