Polícia

Presos da Central de Flagrantes de Teresina serão transferidos

O delegado-geral da Polícia Civil do Piauí, Riedel Batista, omunicou que 20 pessoas, 10 presas em cada unidade, serão transferidas para a penitenciária de Campo Maior ainda hoje.

THAIS GUIMARÃES

- atualizado

O delegado-geral da Polícia Civil do Piauí, Riedel Batista, conversou com o GP1após se reunir com representantes da Secretaria de Justiça (Sejus) do Piauí na manhã dessa quinta-feira (14), para tratar da superlotação nas centrais de Flagrantes de Teresina e Parnaíba. Riedel Batista comunicou que 20 pessoas, 10 presas em cada unidade, serão transferidas para a penitenciária de Campo Maior ainda hoje.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delegado Riedel BatistaDelegado Riedel Batista

“Todos vão ser transferidos, não de uma só vez, por partes. Amanhã (15) terá mais uma transferência, e segunda-feira (18) outra”, declarou o delegado-geral. De ontem para hoje, 30 detentos dos 70 que estavam na Central de Flagrantes de Teresina, foram transferidos. Com mais essa transferência, a unidade da capital ficará com 30, número que, segundo o Sindicato dos Policiais Civis do Piauí (Sinpolpi), ainda é superior a capacidade da Central.

Por conta da superlotação, o Sinpolpi anunciou a possibilidade de fechar a Central de Flagrantes de Teresina, impedindo a entrada de mais pessoas autuadas em flagrante. De acordo com o presidente do Sinpolpi, Constantino Júnior, a situação em Parnaíba é parecida. Lá, havia 53 pessoas presas na Central de Flagrantes.

MAIS NA WEB