Piauí - Campo Maior

PRF é preso e encaminhado para Polícia Federal em Teresina

De acordo com a PRF, o inspetor já vinha sendo investigado pela prática de irregularidade funcional e terminou sendo preso nesta manhã.

BRUNNO SUÊNIO E THAIS SOUZA

- atualizado

A Corregedoria da Polícia Rodoviária Federal no Piauí prendeu na manhã desta quinta-feira (28) um policial rodoviário federal identificado como Eraldo de Castro Brandão, enquanto ele trabalhava no posto de Campo Maior, onde estava lotado.

  • Foto: Facebook/Eraldo BrandãoEraldo BrandãoEraldo Brandão

De acordo com a PRF, o inspetor já vinha sendo investigado pela prática de irregularidade funcional e terminou sendo preso nesta manhã e encaminhado até a sede da Polícia Federal, em Teresina, onde está sendo ouvido.

As investigações foram iniciadas em Brasília, de onde foram deslocados integrantes da Corregedoria Nacional da Polícia Rodoviária Federal para acompanhar a prisão de Eraldo nesta manhã.

Candidaturas

Eraldo de Castro Brandão foi candidato a deputado estadual pelo PT do B no ano de 2014 e nas últimas eleições, em 2016, concorreu ao cargo de vereador pelo PMN, em Teresina, mas também não foi eleito.

  • Foto: TSEEraldo de Castro BrandãoEraldo de Castro Brandão

A Polícia Rodoviária Federal emitiu uma nota de esclarecimento sobre a prisão do inspetor e afirmou que serão dados maiores detalhes sobre as investigações, após o depoimento do policial.

Confira a nota na íntegra

Nota de Esclarecimento

A Corregedoria de Policia Rodoviária Federal prendeu nesta manha de quinta feira (28) no Posto de Campo Maior um PRF, onde trabalhava, pela pratica de irregularidade funcional.

A Corregedoria ainda esta fazendo os procedimentos, ouvindo o depoimento do Policial e, na parte da tarde, após a conclusão de todos os procedimentos, a Polícia se manifestará com mais esclarecimentos a respeito do caso.

Grato,

Barros Filho

Núcleo de Comunicação Social