Piauí - Cristino Castro

Procurador investiga a gestão do ex-prefeito Valmir Falcão

Humberto de Aguiar explica que se for comprovado qualquer dano, o caso é passível de responsabilização por ato de improbidade administrativa.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí (MPF-PI), por meio do procurador Humberto de Aguiar Júnior, instaurou inquérito civil com o objetivo de investigar irregularidades na gestão do ex-prefeito de Cristino Castro, Valmir Martins Falcão Filho.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1 Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI) Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI)

Na portaria de nº 26, de 4 de abril, o procurador da República explica que recebeu uma representação Conselho Municipal do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) informando sobre irregularidades na gestão dos recursos no período 2013-2016 em Cristino Castro.

Nesse período, Valmir Falcão era o prefeito do município. Humberto de Aguiar explica que existe a necessidade de investigar irregularidades na aplicação dos recursos do Fundeb e se for comprovado qualquer dano, o caso é passível de responsabilização por ato de improbidade administrativa.

Mais conteúdo sobre: