Piauí - Picos

Professora é escolhida diretora interina da Uespi de Picos

Ela substitui Lilian Ruth de Sousa Ramos, que não é professora da instituição, e foi exonerada após decisão da justiça.

JOSÉ MARIA BARROS

A professora de Pedagogia, Fabrícia Gomes da Silva, é a nova diretora interina do Campus de Picos da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Ela substituiu no cargo a técnica Lilian Ruth de Sousa Ramos, exonerada após decisão da justiça.

Fabrícia Gomes foi escolhida para exercer o cargo interinamente pelo Conselho de Campus da Uespi de Picos, que se reuniu extraordinariamente na última terça-feira, 23. Candidata única ela foi eleita com 20 votos a favor e apenas uma abstenção.

Antes disso, através de portaria publicada em 29 de janeiro de 2014, Fabrícia Gomes da Silva passou a exercer o cargo de coordenadora do curso de Pedagogia do Campus da Uespi, em Floriano. No entanto, recentemente foi transferida para Picos.

Ela fica no cargo para o qual fora escolhida na última terça-feira, 23, apenas interinamente, tendo em vista que no próximo dia 1º de dezembro haverá eleição direta para diretor e vice-diretor do Campus Professor Barros Araújo, em Picos.

Entenda o caso

Em decisão prolatada no último dia 16 de novembro, o juiz de direito da 2ª Vara da Comarca de Picos, Antônio Genival Pereira de Sousa, anulou a nomeação da servidora Lilian Ruth de Sousa Ramos como diretora interina do Campus local da Universidade Estadual do Piauí (Uespi).

Lilian Ramos havia sido nomeada diretora do Campus “Professor Barros Araújo” no último dia 26 de outubro, pelo reitor da Uespi, professor Nouga Cardoso Batista. Ela substituiu, de forma interina, ao então diretor, Professor Evandro Alberto de Sousa, que pediu exoneração do cargo para participar das eleições diretas da instituição, que acontecem no próximo dia 1º de dezembro.

Em face da decisão de Nouga Cardoso, o Ministério Público do Estado do Piauí, através da 1ª Promotoria de Justiça de Picos, ingressou com uma ação civil pública. O órgão solicita a anulação da nomeação de Lilian Ramos, que não seria professora, mas titular do cargo de operadora de máquina copiadora.

Na ação, o Ministério Público alega que somente docentes podem ser nomeados para o cargo de diretor do Campus da Uespi, por isso Lilian Ramos deveria ser substituída por docente, membro do Conselho do Campus “Professor Barros Araújo”, em Picos. A decisão foi acatada na última terça-feira, 23.


Link do texto:

Professora é escolhida diretora interina da Uespi de Picos
http://www.gp1.com.br/noticias/professora-e-escolhida-diretora-interina-da-uespi-de-picos-405126.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.