Piauí - Manoel Emídio

Professora é morta a facadas pelo ex-companheiro em Manoel Emídio

A polícia ainda vai investigar a motivação do crime, mas existe a suspeita de que o homem não aceitava o fim do relacionamento.

LUCAS MARREIROS

- atualizado

Um homem identificado como Erinaldo Barbosa dos Santos, de 38 anos, matou a facadas sua ex-companheira, a professora Axidelane da Silva Paixão, na madrugada deste sábado (23), no município de Manoel Emídio, a 450 km de Teresina. De acordo com a Polícia Militar, depois de matar a mulher, ele tentou se matar, mas foi socorrido.

Segundo o delegado Yan Brayner, de Canto do Buriti, o suspeito foi encaminhado para atendimento médico no Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano. Ele deu entrada na unidade de saúde com ferimentos de faca.

No hospital, Erinaldo passou por três procedimentos cirúrgicos e seu estado de saúde é estável no momento. A polícia ainda vai investigar a motivação do crime, mas existe a suspeita de que o homem não aceitava o fim do relacionamento com a professora, apesar deles já estarem separados há dois anos.

A Polícia Civil agora vai aguardar a recuperação de Erinaldo Santos, enquanto adianta as investigações do crime, que poderá ser qualificado como feminicídio, com pena de 12 a 30 anos de prisão.