Política

Projeto de Regina Sousa prevê transporte para mães e recém-nascidos

O relator na Comissão dos Direitos Humanos, senador Paulo Paim (PT) elogiou o projeto.

RAISA BRITO

- atualizado

A senadora Regina Sousa (PT) apresentou projeto de lei que obriga os serviços de saúde a fornecer transporte individual e asséptico para as mães e seus filhos recém-nascidos entre o local do parto e sua residência, e da residência ao serviço de saúde para complementação de exames.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Regina SousaRegina Sousa

“Essa ideia nasceu quando eu fui secretária de Administração. Eu fui fazer uma visita à maternidade e vi mães saindo 24 horas depois do parto com o bebê no braço e sacolinha na mão para pegar ônibus ou então saindo na garupa da moto do marido que vai pegar e achei aquilo terrível”, disse a senadora.

O relator na Comissão dos Direitos Humanos, senador Paulo Paim (PT) elogiou o projeto: “A grandeza do projeto tem que ser valorizado e é com muito orgulho que eu dou parecer favorável”.

O PLS 53/2017 já foi aprovado pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) e segue para a Comissão de Assuntos Sociais (CAS), onde terá decisão final.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB