Piauí - Teresina

Promotora investiga denúncia contra Eldorado Country Clube

A portaria nº 111/2017 foi assinada pela promotora de Justiça Myrian Lago, em 14 de julho.

BRUNNO SUÊNIO

- atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí instaurou procedimento preparatório para investigar denúncia contra o Eldorado Country Clube referente a inacessibilidade às pessoas com mobilidade reduzida. A portaria nº 111/2017 foi assinada pela promotora de Justiça Myrian Lago, em 14 de julho.

A investigação foi aberta após termo de declaração prestado pela idosa Conceição Maria de Amorim Barbosa (74 anos), no qual, na qualidade de sócia, reclama da falta de acessibilidade na piscina do Eldorado Country Clube, fato que a impediu de prosseguir com sua prática esportiva de hidroginástica.

A promotora destacou o art. 53 da Lei nº 13.146/2015 diz que a acessibilidade é direito que garante à pessoa com deficiência ou com mobilidade reduzida viver de forma independente e exercer seus direitos de cidadania e de participação social.

Outro lado

Nenhum representante do local foi localizado para comentar o caso. O GP1 continua aberto para quaisquer esclarecimentos.