Piauí - Teresina

Promotora investiga falta de água no conjunto Jacinta Andrade

De acordo com o Ministério Público do Estado do Piauí, documentos informam que a falta de abastecimento do serviço acontece há quatro anos.

BRUNA DIAS

O Ministério Público do Estado do Piauí (MPE/PI), através da 31ª Promotoria de Justiça, instaurou procedimento preparatório pra investigar irregularidade no fornecimento de água no conjunto Jacinta Andrade, localizado na zona norte de Teresina. De acordo com a Promotora de Justiça Gladys Martins, o MPE recebeu documentos onde informa que a falta de água no residencial acontece há quatro anos.

  • Foto: Lucas Dias/GP1AgespisaAgespisa

Segundo o MPE, será realizada uma audiência pública no dia 09 de dezembro, na sede da Procuradoria Geral da Justiça (PGJ), a fim de resolver o problema. A audiência foi promovida pelo Procon para cobrar da Agespisa, prefeitura de Teresina e outros órgãos, explicações para a falta do abastecimento do serviço no conjunto, para que sejam implantadas melhorias no abastecimento do serviço.

“A Agespisa entende que há essa intermitência de abastecimento de agua no Jacinta Andrade. Lá, a água é da ETA da Santa Maria da Codipi, só que lá, não tem um reservatório, o bombeamento é feito direto na rede. Com isso, as partes baixas recebem a água, há muito desperdício, derramamento, e tem dificuldade de chegar na parte alta. Com a conclusão do reservatório, que já está em fase bem avançada de conclusão, a água vai direto para o reservatório e esse é que vai distribuir”, disse o superintendente metropolitano da Agespisa, Orlando Aires. 


Link do texto:

Promotora investiga falta de água no conjunto Jacinta Andrade
http://www.gp1.com.br/noticias/promotora-investiga-falta-de-agua-no-conjunto-jacinta-andrade-405164.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.