Política

PSB descarta apoio a candidato ligado a Temer para 2018

Partido pretende fazer uma aliança nacional com o PSDB.

NAYRANA MEIRELES

Embora a prioridade do PSB seja ajudar o governo de Michel Temer a tirar o país da crise, integrantes da cúpula nacional do partido trabalham de olho no fortalecimento da legenda e descartam apoiar um nome da atual gestão na disputa à presidência em 2018.

O secretário-geral do PSB, José Renato Casagrande, reafirma que Temer não deve se candidatar. “Temer já disse que não será candidato a presidente e a prioridade do PSB é fortalecer nosso projeto. O partido não tem compromisso eleitoral com Temer, tem compromisso de colaborar com a transição”.

  • Foto: André Dusek/Estadão ConteúdoMichel TemerMichel Temer

De acordo com informações da Veja, o presidente nacional do PSB, disse que o partido planeja fazer uma aliança com o PSDB, como houve no governo de São Paulo. O “sonho de consumo” do partido é ter o governador Geraldo Alckmin como puxador de votos para o vice-governador, Márcio França (PSB), que deverá se candidatar ao governo estadual. “Nosso projeto seguro hoje é, além de reeleger os governadores, ter São Paulo como prioridade”.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB