Piauí - Teresina

Quinze auxiliares penitenciários são afastados do CEM

"A vida deles aqui era usar drogas, assistir TV e usar internet no celular", disse o diretor do CEM, Valter Francisco.

THAIS SOUZA

- atualizado

O diretor do Centro Educacional Masculino (CEM) e agente penitenciário, Valter Francisco, informou que 15 auxiliares penitenciários foram afastados, suspeitos de terem envolvimento com a entrada de materiais proibidos na instituição, e dois foram presos suspeitos de levarem drogas para os internos. Um dos presos foi identificado como "Zé" Ricardo, o outro não teve a identidade revelada, pois ainda está sendo investigado. O CEM fica localizado no bairro Itaperu, zona norte de Teresina.

"Zé Ricardo foi preso em flagrante com drogas. Ele ia levar para os menores, mas ele foi abordado antes. Eles são envolvidos com algumas fugas. A identidade do outro não vai ser revelada, pois ele foi preso no mesmo dia, porém não foi encontrado nada como ele. mas, ele já está sendo investigado", informou.

De acordo com o diretor do CEM, durante uma vistoria realizada na madrugada desse último sábado (26), por volta das 4h, foram encontradas nas celas vários televisores, ferros (cortantes e pontiagudos), celulares, drogas, ventiladores, aparelhos de DVD, e vídeo games. Nas celas que foram encontrados os materiais, os menores passaram pela comissão de avaliação disciplinar. “Eles estão cumprindo uma triagem sem visita. Eles passaram 15 dias sem visita. Não foram todos. Mais de 90% dos menores estão envolvidos”, disse.

  • Foto: Divulgação/ SinpoljuspiMaterial apreendido no CEMMaterial apreendido no CEM

“Na gestão passada deixaram os internos tomarem de conta. Eles dominaram. A vida deles aqui era usar drogas, assistir TV e usar internet no celular. Não é à toa que saiu vários vídeos aqui de dentro”, revelou Valter Francisco.

  • Foto: Divulgação/SinpoljuspiArmas apreendidasArmas apreendidas
Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB