Política

Reforma da Previdência será enviada ao Congresso em dezembro

Durante a reunião, Temer disse que a reforma é essencial para resolver o desajuste fiscal do Brasil.

DEISE KESSLER

Nesta segunda-feira (21), o presidente Michel Temer garantiu que sua proposta da reforma da Previdência será enviada ao Congresso no próximo mês. A Declaração foi dada na reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico Social (CDES), o chamado “Conselhão”.

Durante a reunião, Temer disse que a reforma é essencial para resolver o desajuste fiscal do Brasil. “O ajuste fiscal só ficará de pé com a reforma da Previdência, que remeteremos ao Congresso no mês que vem, antes do fim do ano. Caso contrário, em 2024, vamos ter que fechar as portas do Brasil para balanço. Mas não proporemos uma reforma qualquer. Ela respeitará o direito adquirido e se pautará pelo princípio da equidade”, afirmou.

  • Foto: Renato Costa/Estadão ConteúdoMichel Temer diz que reforma da Previdência vai para o Congresso em dezembroMichel Temer diz que reforma da Previdência vai para o Congresso em dezembro

De acordo com O Globo, Temer criticou a forma como o governo de Dilma Rousseff geriu as contas públicas nos últimos anos. Segundo ele, a má gestão resultou na perda de confiança no país, e por isso, a prioridade agora é aprovar a proposta de emenda à Constituição (PEC) que fixa um teto para os gastos públicos e, depois, as reformas da Previdência e Trabalhista.

O presidente ainda destacou que o descuido com as contas públicas é pago pelo trabalhador. “O descuido com as contas públicas não é pago pelo governante. Este descuido é pago pelo trabalhador, que sente os efeitos no bolso” finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Reforma da Previdência será enviada ao Congresso em dezembro
http://www.gp1.com.br/noticias/reforma-da-previdencia-sera-enviada-ao-congresso-em-dezembro-404728.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.