Política

Regina nega acordo de Wellington com Ciro por voto de deputados

“Eu nem acredito que o Wellington seja capaz disso [de fazer acordo]. Até porque, ninguém é dono do voto de ninguém", disse a senadora.

GERMANA CHAVES

- atualizado

A senadora Regina Sousa (PT-PI) disse não acreditar que o governador Wellington Dias (PT-PI) tenha feito acordo com o senador Ciro Nogueira (PP) para negociar os votos dos deputados federais do Piauí com o presidente Michel Temer (PMDB), em troca da liberação de empréstimos para o Estado.

Ao GP1, nesta sexta-feira (16), Regina lembrou que “ninguém é dono do voto de ninguém” e afirmou que no caso específico do PT, quando o partido bate o martelo, os acertos são seguidos.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1 Senadora Regina Sousa Senadora Regina Sousa

“Eu nem acredito que o Wellington seja capaz disso [de fazer acordo]. Até porque, ninguém é dono do voto de ninguém. No partido, quando a gente fecha questão, fecha questão mesmo. Quanto ao posicionamento de aliado, não temos direito de exigir, mas no caso do PT, fechamos questão com isso. Portanto, não acredito que Wellington tenha participado disso”, disse a senadora.

A informação que circulou foi de que Wellington teria acertado com o senador Ciro para segurar os deputados federais piauienses Rejane Dias (PT) e Fábio Abreu (PTB) nas secretarias de Educação e Segurança, respectivamente, para que os suplentes dos dois parlamentares votassem de acordo com a orientação do Governo Federal que trabalha para aprovar as reformas previdenciária e trabalhista.