Piauí - Teresina

Rejane Dias reúne prefeitos e diz que retornará à Câmara em outubro

“Eu já faço isso [retornar à Câmara], ano passado eu fiz isso juntamente com Fábio Abreu. Me afastei para indicar as emendas. Eu estou aqui também para ouvir os prefeitos", disse ela.

GERMANA CHAVES

- atualizado

A secretária da Educação piauiense, deputada federal Rejane Dias retornará à Câmara dos Deputados em outubro para destinação das emendas parlamentares. Ela concedeu a declaração na manhã desta sexta-feira (29), durante o II Encontro de Gestores. A atividade foi promovida por Rejane Dias reuniu mais de trinta prefeitos.

  • Foto: Thais Souza/ GP1Rejane DiasRejane Dias

“Eu já faço isso [retornar à Câmara], ano passado eu fiz isso juntamente com Fábio Abreu. Me afastei para indicar as emendas. Eu estou aqui também para ouvir os prefeitos. Quero construir e junto com eles e decidir de que forma vão ser aplicadas essas emendas. Os prefeitos estão na ponta e sabem da realidade de cada município”, explicou Rejane. Na ocasião, o uso dos recursos do FUNDEF também foi discutido.

  • Foto: Thais Souza/ GP1Prefeitos do estado do PiauíPrefeitos do estado do Piauí

“Nós falamos também aqui do FUNDEF, das interpretações quanto ao gasto desses recursos. Vamos tirar as dúvidas dos gestores de como gastar melhor esse valor”, disse a secretaria da Educação.

  • Foto: Thais Souza/ GP1Wellington DiasWellington Dias

O governador Wellington Dias (PT) também prestigiou o evento. Ele voltou a ressaltar o esforço para manter em dia a folha de pagamento do funcionalismo e lamentou a necessidade de suspender a execução de obras de interesse do Estado para honrar com os compromissos.

“Nosso objetivo é não atrasar a folha e manter as coisas funcionando, ter alguma capacidade de investimento”, disse Wellington. Ele também elogiou a iniciativa da secretária de reunir e discutir com os municípios. “Essa é uma iniciativa da equipe da deputada Rejane também como secretaria da Educação, mas ela também mesmo afastada do mandato, tem compromisso com mandato. Ela trouxe técnicos para preparar melhor os municípios para vencer a burocracia nessa relação com a União e com o próprio Estado, mesmo em momento de dificuldades”, ressaltou.

Mais conteúdo sobre: