Esportes

Relatório de Romário aponta relações entre Del Nero e "Lulinha"

De acordo com o Estadão, por e-mail, em 16 de agosto de 2011, Lulinha questionava o presidente da então Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, sobre possibilidades de negócios.

DEISE KESSLER

  • Foto: Instagram/Romário FariaRomário FariaRomário Faria

O relatório do presidente da CPI do Futebol, o senador e ex-jogador Romário, aponta para relações entre o filho do ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero. O relatório foi divulgado nesta quarta-feira (23), em Brasília. 

"Existem comunicações que exigem cavadas averiguações, por exemplo entre Marco Polo Del Nero e Luís Claudio Lula da Silva, o 'Lulinha', sobre negócios envolvendo a 'LFT' e a 'Sport Promotion'", informa o relatório. 

De acordo com o Estadão, por e-mail, em 16 de agosto de 2011, Lulinha questionava o presidente da então Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, sobre possibilidades de negócios.

"Olá, presidente Marco Polo, tudo bem com o senhor? Gostaria de saber se tem alguma novidade com o projeto futebol feminino ou com nossa participação na Federação Paulista. Fico no aguardo. Grato. Luis Claudio Lula da Silva (Lulinha)", revela e-mail. Em resposta, Del Nero diz que "já tenho alguma coisa, passe por aqui. Abraços. Marco Polo".

Em setembro, os dois voltaram a trocar e-mails, Lulinha faria novas propostas de negócios com o atual presidente da CBF. "Já conversei com o pessoal da Sport Promotion e fizemos um rascunho do projeto, gostaria de ir apresentar ao senhor. Fora esse assunto, o que o senhor acha de fazermos as placas nos estádios de LED para a Série A, usando máxima tecnologia como é feito na Sul-Americana?", finaliza Lulinha.


Link do texto:

Relatório de Romário aponta relações entre Del Nero e "Lulinha"
http://www.gp1.com.br/noticias/relatorio-de-romario-aponta-relacoes-entre-del-nero-e-lulinha-404848.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.