Piauí - Teresina

Sebrae faz reunião sobre Maratona de Tecnologia em Teresina

A reunião aconteceu na sede do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

- atualizado

A realização de um evento de Tecnologia da Informação focado no surgimento de soluções para o segmento da piscicultura foi a pauta de uma reunião que aconteceu na tarde dessa terça-feira (29), na sede do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae, em Teresina.

Participaram do encontro o diretor técnico do Sebrae no Piauí, Delano Rocha; o secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Francisco Limma; a coordenadora de Aquicultura e Pesca do Sebrae Nacional, Newman Costa; o chefe adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Pesca e Aquicultura, Alexandre Freitas; o presidente da Câmara Setorial de Piscicultura do Piauí, Francisco de Assis Alves; além de empreendedores e empresários do segmento de Tecnologia da Informação, analistas e técnicos do Sebrae no Piauí e da Embrapa Meio Norte, e consultores que atuam no segmento da piscicultura.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delano RochaDelano Rocha

“Estamos muito satisfeitos por termos sido escolhidos como Estado piloto para a execução do Projeto Hackathon Aquitec que foi elaborado pelo Sebrae Nacional e pela Embrapa Pesca e Aquicultura, por meio de convênio firmado entre essas duas instituições. A ideia é gerar uma forte interação entre piscicultores e startups, de modo que as inovações possam beneficiar a cadeia produtiva da piscicultura no Piauí. A reunião foi de alinhamento de ações referentes a esse projeto”, explica o diretor técnico do Sebrae no Piauí, Delano Rocha.

A Hackathon Aquitec – Tecnologia a Serviço da Piscicultura consiste numa maratona de desenvolvedores de aplicativos, sistemas e afins para a criação de protótipos de soluções para um determinado problema do segmento da piscicultura. O desafio será o desenvolvimento de uma plataforma de gestão para a piscicultura intuitiva e acessível ao pequeno produtor.

“Escolhemos o Piauí como piloto nesse projeto porque a piscicultura está avançando no Estado, e a disseminação de novas tecnologias pode contribuir para acelerar ainda mais esse processo. Lançamos o desafio para a diretoria do Sebrae local e fomos prontamente atendidos. Queremos agir de forma rápida e eficiente, e aqui encontramos o ambiente propício e as pessoas certas para que possamos atingir os resultados desejados”, comenta a coordenadora de Aquicultura e Pesca do Sebrae Nacional, Newman Costa.

Para o chefe adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Pesca e Aquicultura, Alexandre Freitas, é importante incentivar o surgimento de ideias de negócios voltadas para o segmento do agronegócio. “Nesse primeiro momento, focamos na piscicultura e aqui apresentamos a proposta inicial a ser avaliada por todos os envolvidos nesse projeto. Com certeza, teremos excelentes resultados em termos de inovação para o segmento priorizado”, destaca.

A Hackathon Aquitec é voltada para universitários, programadores, empreendedores de startups e desenvolvedores. Serão selecionados três projetos inovadores, com soluções eficientes para o segmento da piscicultura. A maratona terá fases remota e presencial. Na etapa online, serão apresentados conteúdos e realizadas mentorias para estruturação da ideia. Na etapa presencial, em que se espera que os protótipos estejam em estágio avançado, serão feitos os ajustes necessários para que as soluções possam seguir para a fase de desenvolvimento e de transformação em startup.

“Destaco a importância dessa iniciativa pioneira da Embrapa e do Sebrae. O momento exige ações dessa natureza. A piscicultura tem avançado a passos largos. Quanto mais instrumentos de acesso à informação estiverem ao alcance dos produtores, melhores resultados teremos nessa cadeia. Acreditamos que o uso das tecnologias ajudarão a superar a falta de assistência técnica presencial. O Governo do Estado aposta nesse projeto, colocando-se como parceiro das instituições para diminuir a distância entre a informação e os produtores rurais”, declara o secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Francisco Limma.

A previsão de início das ações da Hackathon Aquitec é para a segunda quinzena do mês de setembro, com o lançamento do edital de seleção. As fases posteriores seguirão até o primeiro semestre de 2018, incluindo o ciclo de desenvolvimento de negócios.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB