Piauí

Sebrae-PI realiza Encontros Regionais de Agentes de Desenvolvimento

O primeiro encontro aconteceu nessa segunda-feira (05) em Bom Jesus.

- atualizado

Este mês, o Sebrae no Piauí realizará uma série de Encontros Regionais de Agentes de Desenvolvimento. O primeiro encontro aconteceu nessa segunda-feira (05) em Bom Jesus, reunindo profissionais dos municípios da área de abrangência desse escritório do Sebrae.

Eventos semelhantes acontecerão amanhã (07) em São Raimundo Nonato, e quinta-feira (08) em Picos. O objetivo é aproximar os agentes e fortalecer a atuação deles em seus respectivos municípios, por meio do compartilhamento de boas práticas e soluções para o avanço das diversas regiões.

Na próxima semana, os encontros serão realizados em Parnaíba, Piripiri e Floriano, encerrando o ciclo no dia 19 de junho em Teresina.

AGENTES DE DESENVOLVIMENTO

Os Agentes de Desenvolvimento são técnicos nomeados pelas prefeituras, que atuam como articuladores e mobilizadores na implementação da Lei Geral, tendo ainda papel fundamental na promoção do desenvolvimento sustentável e na aproximação dos empresários e empreendedores com o poder público.

Esses profissionais recebem treinamentos periódicos, com foco na qualificação em planejamento, finanças públicas e captação de recursos.

Atualmente, o Piauí possui 78 Agentes de Desenvolvimento, que atendem nas Salas do Empreendedor, instaladas nos municípios, repassando informações referentes à abertura e fechamento de empresas, aos editais de licitação e compras do poder público, entre outros assuntos.

SALA DO EMPREENDEDOR

No próximo dia 23 de junho será inaugurada a Sala do Empreendedor em Porto, cidade localizada a 183 quilômetros ao norte de Teresina. A sala funcionará na Av. Presidente Vargas, no centro de Porto. Na ocasião, será realizada a palestra Empreendedorismo e Inovação.

Analistas e consultores do Sebrae e da Junta Comercial do Estado também estarão na cidade apresentando o Piauí Digital e sensibilizando os gestores quanto à importância da implantação dessa ferramenta. Esses profissionais realizarão ainda o mapeamento nos órgãos municipais sobre as necessidades para habilitação no sistema integrador da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios, Redesimples.