Piauí - Colônia do Piauí

Secretário de Finanças Maurício Tapety é detido em Colônia do Piauí

Ele foi encaminhado à delegacia, onde prestou esclarecimentos e foi liberado em seguida.

THAIS GUIMARÃES

- atualizado

O Secretário de Finanças de Colônia do Piauí, Maurício Tapety, foi detido na tarde deste sábado (01). Tapety, que é irmão do prefeito Selindo Carneiro (PT), foi acusado de compra de votos, o que é considerado crime segundo a legislação eleitoral.

De acordo com informações do delegado geral da polícia Civil, Riedel Batista, o secretário foi flagrado com R$ 7 mil (sete mil reais) em dinheiro. Ele foi encaminhado à delegacia, onde prestou esclarecimentos e foi liberado em seguida.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delegado Geral, Riedel Batista Delegado Geral, Riedel Batista

Conforme o artigo 299 do Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965), é caracterizado como crime “Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita”. A pena é de reclusão de até quatro anos e o pagamento de cinco a quinze dias-multa, cujo valor é definido pelo juiz competente.


Link do texto:

Secretário de Finanças Maurício Tapety é detido em Colônia do Piauí
http://www.gp1.com.br/noticias/secretario-de-financas-mauricio-tapety-e-detido-em-colonia-do-piaui-402146.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.