Piauí - Teresina

Sejus realiza reparos e nova vistoria na Penitenciária Irmão Guido

A Diretoria de Inteligência e Proteção Externa da Secretaria de Justiça do Piauí (Dipe) realizou, na manhã desta quarta-feira (06), outra vistoria na Penitenciária Regional Irmão Guido, em Teresina.

LUCAS MARREIROS

- atualizado

A Diretoria de Inteligência e Proteção Externa da Secretaria de Justiça do Piauí (Dipe) realizou, na manhã desta quarta-feira (06), outra vistoria na Penitenciária Regional Irmão Guido, em Teresina. O procedimento aconteceu após a Operação Raposa Presa, que foi deflagrada ainda na madrugada e impediu uma fuga. Durante a ação foram apreendidos pedaços de ferro arrancados da estrutura, celulares e drogas.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1 Penitenciária Irmão Guido Penitenciária Irmão Guido

“Já tínhamos uma vistoria programada para hoje pela manhã em todos os pavilhões e foi procedido normalmente, dando continuidade à operação. Durante essa vistoria encontramos ferros que foram retirados da estrutura, que os presos utilizam como arma ou para fazer escavações, além disso encontramos celulares e drogas.”, explicou o tenente coronel Luís Antônio Pitombeira, diretor da Dipe.

O diretor da Dipe informou ainda que os presos do pavilhão A que participaram da tentativa de fuga foram transferidos. O setor tem aproximadamente 34 detentos. “Os presos foram que foram identificados nessa ação foram retirados da unidade e colocados para outra unidade”, afirmou o tenente coronel Luís Antônio Pitombeira.

Algumas partes da estrutura ficaram danificadas devido a tentativa de fuga, já que os detentos cerraram grades e cavaram buracos. “Foram feitos reparos nas celas em que foram cerradas e os buracos que tinham sido feitos para a tentativa de fuga. Já está controlado, agora vamos continuar acompanhando e a partir de segunda-feira tomar outras medidas”, finalizou o diretor da Dipe.


MAIS NA WEB