Enviar por e-mail

Enviar notícia por e-mail
Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Os comentários serão incluídos na mensagem

Comunicar erros

Comunicar erro na notícia
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Descreva o que há de errado com esta notícia
12/01/2012 - 13h05
Profissionalização

Senac realiza inscrição para cursos de formação no Pronatec até o próximo sábado

Em um primeiro momento, o Senac está com 1.614 vagas abertas para cursos de formação inicial e continuada.

ISABEL PIAUILINO, DO GP1
Atualizada em 18/01/2012 - 17h26
Com o objetivo de profissionalizar jovens para o mercado de trabalho, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) está com as inscrições abertas para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) até o próximo sábado (14).

O Programa é uma iniciativa do Governo Federal, lançado em outubro de 2011 e, em parceria com o Senac, é destinado à profissionalização através de cursos técnicos e de formação inicial e continuada, previsto para até o ano de 2014 em todo o Brasil.

Segundo a coordenadora do Pronatec no Piauí, Karoline Santos, o Programa visa expandir e interiorizar os cursos de educação profissional e facilitar a inserção dos estudantes no mercado. Em 2012, serão oferecidas aproximadamente 6 mil vagas nas cidades de Teresina, Parnaíba, Picos, Campo Maior, São Raimundo Nonato e Valença.

Imagem: Isabel Piauilino/GP1Coordenadora do Pronatec no Piauí(Imagem:Isabel Piauilino/GP1)Coordenadora do Pronatec no Piauí


Em um primeiro momento, o Senac está com 1.614 vagas abertas para cursos de formação inicial e continuada, com vagas para áreas como gestão, comércio e hospitalidade. Podem participar dessa fase alunos do 2º e 3º anos da rede pública estadual.

“O Senac fornecerá livros, apostilas e todos os materiais necessários para o desenvolvimento do curso. Conforme combinado com o Governo Federal, os alunos irão receber o valor de R$ 0,50 por cada hora/aula, a título de assistência estudantil, para auxiliar com despesas de transporte ou alimentação”, explica a coordenadora.

Para realizar a pré-inscrição, o estudante deve comparecer à unidade Clodoaldo Freitas do Senac, das 8h às 12h, portando RG, CPF e declaração de que está cursando o 2º ou o 3º Ano na rede pública estadual. Somente no sábado (14), as inscrições serão recebidas na unidade da Frei Serafim.

Ao final do curso, os estudantes poderão se inscrever no banco de oportunidades da instituição, a fim de serem selecionados para vagas em empresas que têm parceria com o Senac. Os cursos têm carga horária mínima de 160 horas e a lista completa pode ser conferida no site www.pi.senac.br e mais informações podem ser obtidas no telefone (86) 3228 9501.

Keywords: mercado de trabalho, curso de formação, pronatec, senac pi, karoline santos


Saiba mais sobre Notícias do Piauí

Leia também

Avalie:
Média de avaliações:
3 votos
Comente esta reportagem
Comentário
Escreva aqui seu comentário
De onde você é?
Escolha um Estado
Escolha sua Cidade
Quem é você?
Informe o seu Nome
Informe o seu E-mail!

Comentários (2)

  • iris silva oliveira, Teresina-PI disse:
    Deixado em 03/07/2012 às 10h58

    essa reportagem e conserteza ótima,mas não diz a verdade pois quando se vai pessoalmente no senac a estória e outra so pode fazer a inscrição quem recebe bolsa familia e esta carastrado no cadúnico programa do governo federal e não para todos os jovens de famila de baixa renda cursando ensino médio,deixo aqui meu protesto sou mãe de aluno de ensino médio e sou de baixa renda.

  • iris silva oliveira, Teresina-PI disse:
    Deixado em 03/07/2012 às 10h58

    essa reportagem e conserteza ótima,mas não diz a verdade pois quando se vai pessoalmente no senac a estória e outra so pode fazer a inscrição quem recebe bolsa familia e esta carastrado no cadúnico programa do governo federal e não para todos os jovens de famila de baixa renda cursando ensino médio,deixo aqui meu protesto sou mãe de aluno de ensino médio e sou de baixa renda.

tempo real


Publicidade