Política

Senado suspende pagamento de salário a Aécio Neves

Nesta quarta, o nome de Aécio foi retirado do painel eletrônico da Casa pela Mesa Diretora do Senado.

SUYNARA OLIVEIRA

- atualizado

Nesta quarta-feira (14), o presidente do Senado, Eunício Oliveira, encaminhou ao ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), um oficio onde informa que o Senado suspendeu o pagamento da remuneração do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).

Ainda segundo o documento, a verba indenizatória que o parlamentar tem direito foi suspensa desde o dia 18 de maio, data em que Aécio foi afastado de suas atividades parlamentares por decisão do ministro Edson Fachin. O veículo oficial utilizado pelo senador também foi recolhido na mesma data.

  • Foto: Dida Sampaio/Estadão ConteúdoAécio NevesAécio Neves

Eunício diz ainda que a presidência do Senado intimou Aécio para cumprimento da ordem judicial imediatamente após ser comunicado da decisão de Fachin.

Nesta quarta, o nome de Aécio foi retirado do painel eletrônico da Casa pela Mesa Diretora do Senado.

De acordo com o G1, nos últimos dias, o Senado vinha sendo criticado por não ter cumprido a determinação de afastar Aécio. As críticas apontavam que o nome do senador continuava na lista de votação e na lista de senadores em exercício.

  • Foto: Reprodução/SenadoOfício de Eunício enviado a Marco Aurélio MelloOfício de Eunício enviado a Marco Aurélio Mello

MAIS NA WEB