Piauí - Teresina

Sesi realiza Missão Técnica voltada para setor apícola do Piauí

A Missão Técnica iniciou hoje em Teresina e seguirá até o dia 7 de julho.

GERMANA CHAVES

- atualizado

Sesi realiza Missão Técnica direcionada a apicultura do Piauí

O presidente do Conselho Nacional do SESI (SESI/CN) João Henrique de Almeida Sousa juntamente com o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI) Zé Filho, recebeu na manhã desta segunda-feira (03), Thierry Durosselle, perito internacional da ECTI Associação Independente. Ele está em solo piauiense em Missão Técnica internacional voltada para o setor apícola.

“Fiz esse contato em Paris quando estava tratando sobre questões da nossa Faculdade do Sesi de São Paulo e lá, eu pude contatar com o Thierry que é presidente da Associação dos Apicultores na França. Em seguida, comuniquei ao nosso presidente Zé Filho que prontamente resolveu apoiar essa iniciativa. Começamos as tratativas e nós chegamos ao Piauí e hoje à tarde nós vamos com Thierry a Picos. Ele fará uma visita durante 4 dias a todos os produtores de mel para dar subsídios para que se melhore as qualidades da produção. Vamos trabalhar a entrada do mel na região da Europa na medida em que toda nossa produção é exportada para os Estados Unidos”, explicou João Henrique.

Após as visitas será preparado um relatório com as análises do que foi constatado e em seguida serão apresentadas as sugestões para melhorar a produção apícola no Piauí.

“Cremos que terá uma outra etapa praticamente agendada que é uma viagem do grupo de Picos a Guiana Francesa para que possamos através, da Guiana, começarmos as exportações do mel para a comunidade francesa”, adiantou o presidente do Conselho Nacional do Sesi.

O presidente da FIEPI também deu realce a importância dessa troca de experiências. “É de grande importância, pois você traz conhecimento que vai melhorar a produção de mel do Piauí. O Thierry tem um conhecimento grande na França e agora haverá a troca de experiência de nossos apicultores, sobretudo da região de Picos. Essa troca de informação sem dúvidas vai gerar lucro para o nosso Estado”, destacou Zé Filho.

O perito francês Thierry Durosselle ressaltou a produção de mel no Piauí e lembrou que a França é um grande consumir do produto na Europa. “Temos um mercado do mel lucrativo, mas nós passamos por dificuldades ainda hoje por conta dos pesticidas que matam as abelhas. Então, somos obrigados a comprar mel fora da França e hoje a Europa importa muito mel de qualidade ruim. Por isso, aqui no Piauí, nós vamos aconselhar para melhorar tanto a quantidade quanto a qualidade do mel produzido aqui. Queremos repassar as técnicas que já utilizamos aos produtores”, disse o perito Thierry. Na França são consumidas 40 toneladas de mel por ano.

Parcerias

A ECTI é uma associação de franceses especialistas em diversos setores industriais composta por voluntários que realizam missões técnicas em todo mundo, em parceria com instituições internacionais.

Cidades visitadas

A Missão Técnica iniciou hoje em Teresina e seguirá até o dia 7 de julho. Nesse período serão visitados os municípios de Picos, Santo Antonio de Lisboa e Simplício Mendes. As atividades realizadas têm como finalidade fortalecer o setor apícola do Piauí, com ações de diagnóstico para realização de capacitação e consultoria em tecnologias, inovação, educação, gestão e qualidade de vida do trabalhador deste setor, abrangendo desde a produção até a venda e exportação.

A Missão envolve ainda consultores externos e colaboradores do SENAI do Piauí. O diretor regional do SENAI e superintendente do SESI, Mardônio Neiva também esteve presente na recepção a Thierry Durosselle na FIEPI.

MAIS NA WEB