Piauí - Picos

Severo Eulálio é contrário a convenção em janeiro no PMDB

Em visita a Picos o deputado afirmou que não tem sentido algum o PMDB realizar uma convenção extraordinária em janeiro.

JOSÉ MARIA BARROS

- atualizado

O deputado estadual Severo Eulálio Neto disse na última quinta-feira, 7, em Picos, que não faz sentido algum o PMDB realizar uma convenção extraordinária em janeiro. A proposta é do vice-presidente estadual da legenda, ex-ministro João Henrique de Almeida Sousa, que pretende antecipar a decisão do partido em relação às eleições de 2018.

Severo Eulálio disse que uma convenção no início do próximo ano não vai dizer muita coisa, pois, segundo ele, o que vale mesmo é a convenção de julho ou agosto conforme prevê o calendário da justiça eleitoral.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Severo Eulálio é contra convenção do PMDB em janeiroSevero Eulálio é contra convenção do PMDB em janeiro

“Na convenção de julho ou agosto é que o partido vai definir quem são os candidatos a deputado estadual, federal ou senador, se houver. Com quem o partido vai se aliar, qual a indicação que vai ter na chapa majoritária. Se vai ter coligação, se terá candidato majoritário, se vai indicar o vice ou um senador” – lembra Severo Eulálio.

Segundo o parlamentar, se a definição somente ocorrerá na convenção de julho ou agosto conforme prevê a legislação eleitoral, não vê sentido essa convenção agora em janeiro. “Tudo bem, pode ser feita, mas, repito, não vejo necessidade” – ponderou.

Vaga de vice

Embora admita que no Piauí historicamente o PMDB sempre contou com duas alas, Severo Eulálio adianta que nas eleições do próximo ano o partido vai reivindicar a indicação do candidato à vice na chapa encabeçada pelo governador Wellington Dias (PT).

“O partido tem uma parcela que não está acompanhando o governo, mas, a maioria faz parte da base aliada, está alinhada com o governador Wellington Dias (PT. E nosso desejo é compor a chapa majoritária, de preferência com a indicação do nome do candidato a vice-governador” – ressalta Severo Eulálio.

Em Picos o PMDB é aliado do prefeito, Padre José Walmir de Lima (PT), e faz parte da administração ocupando a Secretaria Municipal do Trabalho e Ação Social, além de outros cargos de segundo escalão.


MAIS NA WEB