Piauí - Teresina

Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí suspende greve

Caso o acordo firmado judicialmente não seja cumprido, os agentes penitenciários não hesitarão em retomar o movimento grevista.

THAIS SOUZA

- atualizado

O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), através do seu diretor José Roberto, divulgou uma nota oficial na noite dessa terça-feira (27), informando a suspensão da greve, que durou 16 dias em todos os presídios do Estado. Os agentes reivindicavam reajuste no adicional de insalubridade, reajuste no subsídio e melhorias nas estruturas dos presídios.

  • Foto: Thais Souza/GP1Zé RobertoZé Roberto

De acordo com a nota, a decisão de suspender o movimento foi unânime, após o Governo do Estado abrir um canal de negociação em relação as pautas de reivindicações da categoria. A negociação foi intermediada pelo Tribunal de Justiça do Piauí.

José Roberto revelou que caso o acordo firmado judicialmente não seja cumprido, os agentes penitenciários não hesitarão em retomar o movimento grevista.

Confira a nota na íntegra

Boa noite IMPRENSA do Piauí !

Após 16 dias de movimento grevista os presentes à Assembleia Geral, POR UNANIMIDADE, decidiram suspender a GREVE depois da abertura de um canal de negociação proposto pelo Governo do Estado em relação as pautas de reivindicações da Categoria

A negociação ocorreu com a intermediação do TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PIAUÍ

Caso o Governo do Estado não cumpra com o acordo firmado judicialmente os AGENTES PENITENCIÁRIOS não hesitarão em retomar o movimento grevista, da próxima vez mais forte e com novas estratégias de luta

A Categoria mostrou ao Governo e a toda Sociedade que os Agentes Penitenciários existem e merecem respeito

Estaremos sempre abertos ao diálogo e pautaremos nossa luta respeitando os princípios constitucionais e a garantia dos Direitos de toda a sociedade

José Roberto - Presidente do Sinpoljuspi

Mais conteúdo sobre: