Brasil

Sobe para 5 número de crianças mortas após serem queimadas em MG

Ao todo, há 23 feridos, sendo que 21 são crianças.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Subiu para cinco na noite desta quinta-feira (05), o número de crianças que morreram depois de terem sido queimadas em uma creche de Janaúba, no Norte de Minas Gerais.

De acordo com a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, antes havia a notícia de que duas crianças haviam morrido, um menino, Renan Nicolas dos Santos Silva, de 4 anos e uma menina, Cecília Davina Gonçalves Dias, também de 4 anos, que estavam sendo transportados de Janaúba para Montes Claros.

No entanto, segundo os bombeiros, houve um erro de avaliação médica e Cecília que estava com parada cardíaca, foi reanimada após manobras de reanimação cardiopulmonar. Com isso, o número de crianças mortas foi revisado de 6 para cinco nesta sexta-feira (06).

  • Foto: Paula Santos/Futura Press/Estadão ConteúdoCreche incendiada em MGCreche incendiada em MG

A creche em que eles estavam foi incendiada pelo vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos. Ele também morreu horas depois. Segundo informações do G1, também morreu nesta quinta, em Janaúba, a professora Helley Abreu Batista, de 43 anos. Ela estava com 90% do corpo queimado após ter sido atingida pelo fogo.

O Instituto Médico-Legal da cidade confirmou a morte de:

-Ana Clara Ferreira Silva, 4 anos

- Luiz Davi Carlos Rodrigues, 4 anos

-Juan Pablo Cruz dos Santos, 4 anos

- Juan Miguel Soares Silva, 4 anos

Segundo o Corpo de Bombeiros, outras 24 pessoas seguem internadas, das quais 21 são crianças.