Política

STF libera vídeos da delação do empresário Marcelo Odebrecht

As delações foram assinadas nos dias 1º e 2 de dezembro de 2016 e homologadas pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, em 30 de janeiro deste ano. 

BRUNNO SUÊNIO E FELIPE PEDRO

- atualizado

O Supremo Tribunal Federal (STF) liberou, na tarde desta quarta-feira (12), vídeos da delação do empresário Marcelo Odebrecht, preso durante a Operação Lava Jato. 

As delações foram assinadas nos dias 1º e 2 de dezembro de 2016 e homologadas pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, em 30 de janeiro deste ano. 

Em março, o Procurador-Geral da República Rodrigo Janot entregou ao Supremo Tribunal Federal 83 pedidos de abertura de inquérito para investigar políticos citados nas delações de 77 executivos e ex-executivos das empresas Odebrecht e Braskem. 

Nesta terça-feira (11), o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, determinou abertura de investigação contra nove ministros do governo Temer, 29 senadores e 42 deputados federais presentes na lista de Janot.

Assista abaixo aos vídeos

Marcelo Odebrecht explica como eram realizados os pagamentos ao PT e PMDB relativos ao contrato com Petrobras, ciência da presidência da Petrobras e da presidente da República

Marcelo Odebrecht explica a Guerra dos Portos e Influência política na aprovação da revolução do senado federal beneficiando a Braskem

Durante a delação premiada, Marcelo Odebrecht relatou um pouco da sua história 

Marcelo Odebrecht fala sobre as doações ao PSDB com recurso de Caixa 2 para campanha de Aécio Neves

Marcelo explica como funcionava a estrutura de arrecadação do PMDB e a relação com a Odebrecht

O empresário Marcelo Odebrecht explica como ocorria o regime e tributação de lucros no exterior e favorecimento fiscal

Nesse vídeo, Marcelo Odebrecht fala sobre temas relacionados à Braskem

Marcelo Odebrecht, explicar sobre a ação de Antonio Palocci e o período Guido Mantega

Marcelo Odebrecht: Esclarece sobre a aquisição de um shopping e troca de favores com Guido Mantega

Neste vídeo Marcelo esclarece sobre pagamento de propina a campanha eleitoral de 2010 

O empresário explica sobre pagamento de propina a parlamentares em troca da aprovação da MP 613/2013

Marcelo esclarece sobre a compra de legendas para comporem a coligação da chapa Dilma-Temer em 2014

Marcelo esclarece sobre anexo 10, que fala sobre a influencia para obter vantagens para empreiteira no ramo do Etanol no ano de 2007


MAIS NA WEB