Piauí - Teresina

Strans fiscaliza veículos clandestinos e irregulares em Teresina

De acordo com o órgão, o motorista que estiver com o veículo irregular, terá que pagar multa na quantia equivalente a 200 ou 300 vezes o valor da tarifa do transporte público.

BRUNA DIAS

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) informou nesta quarta-feira (05), que começa a valer o novo decreto publicado no Diário Oficial do Município (DOM), que proíbe a circulação de transportes clandestinos e/ou irregular de passageiros em Teresina. Serão vistoriados táxis, mototáxis e ônibus coletivos. A fiscalização deve iniciar a partir desta quinta-feira (06).

De acordo com a assessoria de comunicação do órgão, em caso de descumprimento do novo regulamento, o motorista terá o veículo apreendido e ainda terá que pagar multa na quantia equivalente a 200 ou 300 vezes o valor da tarifa do transporte público, dependendo do transporte que esteja realizando o serviço irregular.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Taxis serão fiscalizadosTaxis também serão fiscalizados

“Foi um decreto que foi publicado e está começando a valer para intensificar a fiscalização. Antes o valor da multa era muito baixo, a Strans fazia o trabalho, apreendia o veículo e logo eles estavam na rua, agora é um valor altíssimo. Assim, a gente acredita que seja mais fácil de coibir esses transportes clandestinos e irregulares. Isso se aplica em táxis, mototáxi e ônibus coletivos. A fiscalização deve começar amanhã, a diretoria de operação e fiscalização já está providenciando para iniciar essa fiscalização já com base nesse novo decreto”, informou a assessoria.  


Link do texto:

Strans fiscaliza veículos clandestinos e irregulares em Teresina
http://www.gp1.com.br/noticias/strans-fiscaliza-veiculos-clandestinos-e-irregulares-em-teresina-402374.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.