Piauí - Simplício Mendes

Suspeito de assaltar Dr. Heli pode ser chefe de quadrilha

Contra Gilvan Cordeiro, natural de Salgueiro (PE), consta uma vasta ficha criminal registrada no INFOSEG, inclusive com mandatos de prisão em aberto.

ANDREIA SOARES

- atualizado
  • Foto: Divulgação/PMCoronel Wagner TorresCoronel Wagner Torres

Um dos suspeitos de participar do assalto na última quarta-feira (05), próximo ao município de Oeiras, que teve como reféns o prefeito de Simplício Mendes, Heli de Araújo Moura Fé, a esposa, a filha e o motorista, é reincidente e “deve ser o cabeça de uma quadrilha especializada a roubo de carros”, segundo informações do comandante de Policiamento Metropolitano – Área 1, Coronel Wagner Torres.

O coronel que em 2008 era major e comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, em Picos, afirmou ao GP1, que Gilvan Cordeiro Soares Júnior foi preso na época pelo mesmo motivo. “Gilvan foi preso após furtar um carro em Picos e seguir para Araripina (PE), onde de lá marcou um encontro com a vítima para extorqui-la. Seguimos em perseguição, mas ele abandonou o carro e conseguiu fugir, porém esqueceu o celular dentro do carro e conseguimos localizá-lo”, contou. A investigação na época apurava a existência de aproximadamente 15 integrantes de uma quadrilha que atuava em vários lugares do Nordeste e também roubavam bancos.

  • Foto: DivulgaçãoPrefeito Dr. Heli Prefeito Dr. Heli

Contra Gilvan, natural de Salgueiro (PE), consta uma vasta ficha criminal registrada no INFOSEG, inclusive com mandatos de prisão em aberto. Além dele, o outro suspeito, identificado por Elisvan Paixão de Macêdo, tem mandado de prisão em aberto pela prática de homicídio em Betânia do Piauí. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Suspeito de assaltar Dr. Heli pode ser chefe de quadrilha
http://www.gp1.com.br/noticias/suspeito-de-assaltar-dr-heli-pode-ser-chefe-de-quadrilha-402471.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.