Brasil

Tatuador é preso por escrever 'ladrão e vacilão' em jovem em SP

Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, e seu vizinho Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27, foram presos em flagrante sob acusação de tortura.

SUYNARA OLIVEIRA

- atualizado

Dois homens foram presos em São Bernardo do Campo depois de aparecerem em vídeo tatuando “eu sou ladrão e vacilão” na testa de um jovem de 17 anos. O tatuador Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, e seu vizinho, Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27, foram presos em flagrante na noite de sexta sob acusação de tortura e continuvam detidos no 3º Distrito Policial da cidade até a noite deste sábado (10).

Os dois foram presos após familiares do menor de idade terem denunciado a ação para a polícia, depois que tiveram acesso ao vídeo. O jovem foi encontrado por amigos no fim da tarde deste sábado (10). Ele prestou depoimento à polícia e negou ter cometido qualquer furto.

  • Foto: Twitter/ReproduçãoJovem acusado de roubo é tatuado na testaJovem acusado de roubo é tatuado na testa

Segundo o rapaz, além de ter a testa marcada com uma tatuagem, ele também teve o cabelo cortado e teve os pés e as mãos amarrados por Ronildo e Maycon.

De acordo com a Veja, na última sexta-feira, o vídeo começou a circular nas redes sociais, onde Ronildo e Maycon provocam o garoto e perguntam qual tatuagem ele quer fazer. O menino responde “ladrão”, sem oferecer muita resistência. A foto que acompanha a filmagem revela a frase “eu sou ladrão e vacilão” escrita na testa do jovem de 17 anos. O castigo foi dado porque o rapaz teria tentado roubar uma bicicleta.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB