Piauí - São Pedro do Piauí

TCE encontra alimentos estragados em escola de São Pedro do Piauí

A Diretoria de Fiscalização da Administração Municipal realizou uma inspeção no Colégio Municipal Davina Veloso e encontrou alimentos da merenda escolar estragados e acomodados inadequadamente.

THAIS GUIMARÃES

- atualizado

Um relatório emitido no dia 15 de agosto pela Diretoria de Fiscalização da Administração Municipal (DFAM) do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), apontou irregularidades em uma escola municipal de São Pedro do Piauí. A DFAM realizou uma inspeção no Colégio Municipal Davina Veloso e encontrou alimentos da merenda escolar estragados e acomodados inadequadamente. O relator do processo é o conselheiro Abelardo Pio Vilanova.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tribunal de Contas do EstadoTribunal de Contas do Estado

De acordo com o relatório, a inspeção foi realizada no dia 26 de julho, na presença do secretário municipal de Educação, Fredson Leal Nunes, da auxiliar administrativa Juliana Kelly Bezerra de Oliveira e do Procurador do Município, Tiago José Feitosa de Sá.

“Foram encontrados vários sacos de feijão vencidos (validade 20/03/2017), insetos em cima e debaixo dos sacos de feijão, macarrão e flocos de milho. Pacotes de floco de milho furados, vazando o conteúdo e acondicionados junto com os pacotes de feijão vencidos. Garrafas de suco acondicionadas no chão, em contato com muita sujeira”, diz o relatório.

A DFAM coloca que a situação detectada pode sujeitar os estudantes “a problemas de saúde decorrentes de consumo de produtos inadequados para alimentação”.

Constatou-se também que a nutricionista Laura Ribeiro Gonçalves de Vasconcelos, servidora efetiva do município, “não emite relatórios nos quais sejam atestadas as condições físicas/estruturais da cozinha, higienização e acondicionamento dos alimentos”.

Diante das ocorrências, a DFAM recomendou que o conselheiro Abelardo Vilanova notifique o prefeito de São Pedro do Piauí, José Maria de Aquino Ribeiro Júnior, mais conhecido como Júnior Bill, e o secretário de Educação Fredson leal Nunes, para que ambos providenciem reformas e adequações das cantinas e depósitos de merenda escolar das escolas municipais, devendo apresentarem Plano de Ação no prazo de 30 dias. Também foi recomendado que os dois gestores solicitem relatórios mensais da nutricionista Laura Ribeiro Gonçalves. Por fim, foram solicitadas visitas periódicas de membros Conselho de Alimentação Escolar nas escolas do município.

  • Foto: DivulgaçãoJúnior BillJúnior Bill

Outro lado

Procurado pelo GP1 nesta terça-feira (05), o prefeito Júnior Bill não foi localizado para comentar o caso. O GP1 continua aberto para quaisquer esclarecimentos.


MAIS NA WEB